O COCKER SPANIEL INGLÊS

O nome da raça vem de sua função original: caçador galinhola (woodcock). A raça não foi reconhecida como uma variedade separada até 1893 e até aquela época todos os spaniels, conhecidos coletivamente como Land Spaniels , foram criados juntos e classificados mais tarde dependendo do tamanho e da cor. Eles foram seletivamente criados para adequação ao trabalho e ao terreno. Era uma exigência que um Cocker Spaniel deveria estar simplesmente abaixo de 25 libras de peso (aproximadamente 11,3 kg). Enquanto os negros dominavam as pistas nos primeiros shows, o outcross de Welsh Springer foi usado para estabelecer linhas part-colors.

O Cocker Spaniel ganha o epíteto "o cocker feliz" (merry cocker) por sua cauda sempre abanando denotando seu temperamento feliz. No início do século XX a raça estava no auge da popularidade.

PAÍS DE ORIGEM: Grã-Bretanha

UTILIZAÇÃO: Levantador de caça

CLASSIFICAÇÃO F.C.I

GRUPO: n°8 - Retrievers, Levantadores e de Água

SEÇÃO: n°2 - Cães levantadores

Data de aceitação de forma definitiva pela FCI: 4/10/1963 

NOMENCLATURA FCI: Cocker Spaniel Inglês

NOME NO PAÍS DE ORIGEM: Cocker Spaniel 

VARIEDADES:

Sólidos

Partcolores

Parent Club 
teaserbox_2473141953.jpg

TEMPERAMENTO

O Cocker destaca-se pela sua inteligência, alegria e dinamismo, características que mantém desde os seus primeiros anos de vida.

No passado, criou-se o mito de que o Cocker avermelhado era "louco" e que, por esse motivo, mordiam e eram muito difíceis de educar. Desconhecemos por completo se este "mito urbano" surgiu a partir de algum caso isolado ou se não é mais do que um mito antigo, contudo, atualmente não existem razões para acreditar que o Cocker avermelhado tenha problemas de comportamento. Além disso, os criadores têm feito esforço enorme para preservar a sua natureza equilibrada, em todas as cores.

Como parte da sua personalidade equilibrada, o Cocker mantém o seu instinto de caça e uma enorme predileção por água. Por isso, se estivermos no campo e estiver solto, não tenhamos dúvidas de que irá mergulhar em poças, rios, etc. Como é óbvio, devemos estar precavidos para estas situações.

É igualmente devido à sua personalidade equilibrada que o Cocker pode adaptar-se à vida na cidade sem qualquer problema, pois eles apenas precisam de fazer exercício regularmente e, obviamente, fazer caminhadas diárias.

CUIDADOS

O Cocker é fácil de cuidar, no entanto, é obrigatório pentear as longas franjas, pois ganham nós facilmente. Se necessário, elas podem ser cortadas. Contudo, será melhor contactar um especialista.

Deve-se também aparar regularmente os pelos que crescem entre os dedos e as almofadas, pois podem afetar os seus movimentos, caso estejam demasiado grandes, podendo mesmo provocar quedas.

Para além dos cuidados específicos com o seu manto o Cocker apenas necessita dos mesmos cuidados dos outros cães: vacinas, desparasitação, consultas periódicas para verificar o seu estado de saúde e, claro, muito carinho.

Apresentação4.jpg
cbkc.png
fci.png

© 2018 por CBRCSI. 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now